Esc ou Enter?

 

Tecnologia a serviço do ser humano, talvez esse seja o princípio básico da natureza tecnológica. Mas até que ponto as máquinas nos trazem benefícios? É inevitável o fato de sermos, atualmente, dependentes da tecnologia porém, todas as coisas no mundo têm seu lado bom e ruim, depende de quem tem o poder de controlá-las.

No filme Duro de Matar 4.0 podemos encontrar um universo de adversidades que talvez nenhum de nós jamais tenha pensado que poderia ocorrer, o vilão do filme controla todos os aparelhos eletrônicos dos EUA de dentro de um caminhão, lá, é possível que ele destrua os sistemas de segurança, saúde e transporte ao mesmo tempo com apenas alguns “clicks”.

Tirando toda a “palha” do filme, as cenas super produzidas e os efeitos especiais, encontramos um enredo que não foge tanto do que possa vir a se tornar realidade, um caos causado por panes em seqüência de sistemas que hoje nos parecem tão simples como semáforos ou aparelhos hospitalares e que são de fundamental importância para a população. É como se tivéssemos a tecla “Esc” (para voltar à estaca zero) e a tecla “Enter” (para continuar com avanços ainda maiores) ambas prontas para serem apertadas.

Há uma linha tênue entre a ajuda e os danos que podemos sofrer com as máquinas e se não existir um ponto máximo de desenvolvimento para novas tecnologias poderemos sofrer graves distúrbios em nossos sistemas básicos de sobrevivência afinal de contas, nós temos Bruce Willis, mas não temos Jonh Mc’Lane para nos defender

!

Pérolas que valem muito

 

 

            Faturar com a internet para muitos é uma realidade ainda distante, não para Igor Pucci, 24, que há 9 meses criou o perolasdoorkut.com.br, um site que mostra fotos, no mínimo inusitadas, que são extraídas do orkut por Igor, ou enviadas a ele por e-mail “antigamente eu entrava no orkut atrás de fotos, hoje, só coloco as que recebo por e-mail” afirma.

            A “quase” iniciativa de Igor, já que ele mesmo afirma não ser o primeiro a criar um site destinado apenas às pérolas do orkut, surgiu inusitadamente, “eu sempre recebia fotos engraçadas dos meus amigos, quando juntei umas 50 mais ou menos, resolvi criar um site para colocá-las”, e deu certo, quando criou o pérolas Igor passou o endereço para alguns amigos, sem qualquer tipo de pretensão, daí pra frente o famoso boca-boca se responsabilizou por fazer do site um dos mais acessados do Brasil. Após um mês de criado o site já possuía 7 mil acessos diários.

            “Fiquei espantado quando vi os números com a quantidade de acessos diários, tive que trocar o provedor porque o que eu usava já não suportava mais” afirma, apesar de todo o retorno recebido, não é nada fácil manter o site atualizado, Igor tem 3 e-mails diferentes, um só para receber as fotos para o site, outro só para pedidos de remoção das fotos e outro pessoal. “Já recebi contatos da imprensa querendo fazer matérias a respeito do site e quando eu conseguia ver o e-mail já havia passado muito tempo, por isso criei um pra cada tipo de serviço” e acrescenta, “quando recebo algum e-mail pedindo para tirar determinada foto, já vou lá no site e tiro, não tenho tempo de checar se é real a reclamação ou não”.

            Formado em Ciência da Computação e atualmente pós graduando em Economia Empresarial, Igor consegue se sustentar apenas com o dinheiro dos anúncios no site, “cada clique nos anúncios são mais 10 ou 15 centavos na minha conta” brinca. Hoje o site possui cerca de 30 mil acessos diários, “não trabalho mais com desenvolvimento, hoje, com o site, ganho mais do que ganharia na profissão”, um desenvolvedor ganha em torno de 4 mil reais nos grandes centros.

            Apesar de literalmente “viver da internet” Igor não usa o site para se promover e afirma que muitos amigos não sabem que o site é dele, além disso ele acha estranho os jovens de hoje passarem tanto tempo na internet “as pessoas ficam o dia todo no MSN e no Orkut, mas não sei porque ficar tanto tempo nisso” brinca.

            O site é atualizado diariamente com 4 fotos novas, o que, para ele, é o segredo para ser sempre muito acessado, “não adianta você criar um site ou blog e não atualiza-lo” finaliza. Para aqueles que quiserem dar boas risadas o endereço é www.perolasdoorkut.com.br e para os que tiverem boas fotos o endereço para enviar as fotos é envieperolas@gmail.com.
Bloguem-se!

Cláudio Henrique da Silva Ferreira, 20, e Anderson Augusto Soares, 22, para muitos eles são apenas alunos do curso de jornalismo da Unitoledo, para outros, Anderson é aquele que só diz: “Acessem o Caderno do Anderson...” enquanto Cláudio demora meia hora para falar uma coisinha de nada. Mas o que eles têm em comum? Ambos são “blogueiros”, termo utilizado para definir os adeptos desse fenômeno mundial.

Os blogs “domclaudio.blogspot.com” e “cadernodoanderson.blogspot.com”, estão longe de serem os mais acessados da web, porém, relatam com criatividade e seriedade coisas do cotidiano de todos nós.

Anderson sempre gostou de escrever e depois que descobriu que os blogs são gratuitos, imediatamente criou o seu. Sua primeira tentativa foi frustrada, o “vamosabriraseclusasdomundo.blogspot.com”, talvez pelo nome não teve muita “audiência”, então no começo de 2008 surgiu o caderno do Anderson. Com uma linguagem mais rebuscada Anderson publica geralmente três vezes por semana em seu blog artigos de opinião além de poesias, e confessa que ainda lhe falta simplificar mais seus textos.

Já Cláudio possui seu blog desde novembro de 2007, e procura sempre “cornetar” diariamente sobre os assuntos do dia abordando diferentes temas e usando imagens para ilustração, seus blogs favoritos são o de Wanderley Luxemburgo, José Dirceu e os dos amigos de faculdade.

A explicação para que continuem “blogando” além do fato de precisarem dos “meio pontos” da aula de Jornalismo On line e apesar dos vinte e poucos acessos mensais é facilmente percebida quando ambos relatam a sensação de receberem um comentário: “É sensacional” define Cláudio, “Isso sacramenteliza o nosso trabalho” comenta Anderson.
...E que comecem os jogos!

Na corrida pelas vagas restantes às olimpíadas de Pequim, o mundo da natação vem se surpreendendo ainda mais com o número de recordes que estão sendo pulverizados pelos nadadores durante os campeonatos europeu e australiano de natação.

As façanhas são incríveis, primeiro o francês Alain Bernard conseguiu um feito histórico, bateu três recordes mundiais em três dias, dois deles na mesma prova (os 100m livre e o outro nos 50m livre), vencendo, na final, o atual campeão mundial da prova, o italiano Filippo Magnini que ficou visivelmente incomodado com a derrota. Para o “The Flash” Alain, não há nenhum segredo em seu treinamento, ao final de uma entrevista ele apenas afirmou “Eu bebo água, só isso”.

Enquanto isso na Austrália, uma jovem de apenas 19 anos bateu o recorde dos 200m medley (nesta prova o participante nada 50m em cada um dos quatro estilos), o feito quebrou o antigo recorde de Yanyan Wu que já durava quase 11 anos e era o segundo recorde mais longo da atual história da natação.

Ao todo, por enquanto, já foram superados nove recordes mundiais entre os campeonatos europeu e australiano, incluindo os que já foram quebrados no dia seguinte à conquista do primeiro.

Sem dúvida nenhuma, a natação é um dos esportes que mais demonstram sinais de superação humana, a possibilidade de Pequim ter mais recordes quebrados é muito grande. Um novo macacão para nadadores foi desenvolvido pela NASA, pelo visto os primeiros testes deram muito certo já que dos atuais recordistas, todos estavam usando a nova "malha".  
TESTE
UM, DOIS, TRÊS, TESTANDO!!!
[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Homem
MSN - saieko@hotmail.com